domingo, 1 de maio de 2011

O carro da Mãe de todos




O nosso carro é uma Opel Zafira que já foi táxi e que por isso é de cor bege marfim.

Um dia quando ia levar o meu filho mais velho ao infantário e ao passar pela paragem do autocarro aqui da aldeia vi um vizinho com a filha que é coleguinha do meu. Como ele tem carro estranhei e parei para saber se queria que levasse a miúda. Ele disse que sim e como tenho cadeirinhas de sobra no carro saí para pôr a miúda numa que estava vazia.

Enquanto fazia isto diz-me o meu vizinho “Olha a policia” e eu continuei com a minha tarefa pensando que não era nada comigo.

Quando acabei olho e vejo o carro da Brigada parado atrás de mim com os pirilampos a piscar e os agentes com ar de maus lá dentro!

Como eles não saíram fui eu lá ter com eles e perguntei se havia algum problema.
“A Sra anda a fazer transporte de crianças?” e eu muito atarantada respondo que não.
“E então o que é aquilo?” e apontou para o meu vidro traseiro onde eu tinha colados 3 triângulos (agora já são 4!) com os nomes dos meus miúdos.
Ah isso” – disse eu rapidamente – “São todos meus filhos!”
“E vem buscar os seu filhos á paragem do autocarro?” continuou o agente.
E eu já nervosa “ Não sr guarda, estou só a dar boleia a uma vizinha, isto porque tenho cadeirinha senão nem dava!!!”

Pronto lá ficaram satisfeitos e foram embora.
Só depois é que soube que eles iam em sentido contrário, viram-me parar, fizeram inversão de marcha, pisaram o traço continuo (em plena estrada nacional 125) e ligaram os pirilampos tudo isto para me virem “incomodar” na minha boa acção do dia!!!

A partir desse dia ando com uma fotocopia dos Cartões de Cidadão de todos os filhotes no carro, em caso de ter que provar a alguém que sou a Mãe de todos !!

Gosto de ir a conduzir e ver no espelho retrovisor o sorriso de quem pára atrás de mim quando vê os triangulos.

Com a 4ª gravidez a pergunta que me faziam sempre
E agora têm que comprar outro carro não é? e a resposta era sempre a mesma
Nada disso este dá para o 4º e ainda sobra um lugar... E toda a gente especula sobre o lugar que ainda está vago.

Por fora serve para tudo








E por dentro é frequente ver imagens destas




Anda sempre cheio de embalagens vazias de iogurtes, bolachas, lenços de papel, usados e por usar, brinquedos, camisolas e casacos, chapéus e gorros, faça chuva ou faça sol, mantas e almofadas, não vá dar o sono a alguém, fraldas de pelo menos 2 tamanhos diferentes e toalhitas, papéis importantes e outros nem tanto, livros e lápis de côr, e quando é preciso qualquer coisa normalmente ou há ou afinal até não...

É o típico carro de uma Mãe de todos.