quarta-feira, 25 de maio de 2011

Bichos no prato

Estamos na Primavera e a Primavera já se sabe que é o tempo dos bicharocos!


- Oh mãe, a Teresa está a matar os bichos de conta todos.
- E tu já lhe disseste que os bichinhos são seres vivos e que não se podem matar?
- Sim mas ela não percebe…
- Olha, pega no livro da Natureza e mostra-lhe, vais ver que vai resultar.




O Tiago é capaz de ser muito teimoso, a Teresa ainda mais, nunca ouvem nada à primeira, nem à segunda e vá lá vá lá se com sorte ouvem à terceira, mas há momentos em que por magia consigo que ele junte os manos para uma lição. E ali sentados os 3, enquanto eu tratava da numero 4, ele explicou aos manos que os bicharocos não se matam.

 


- Vamos buscar alface para ele comer. E precisamos de uma caixa ...

O que vale é que lá perceberam que os bichinhos estavam melhor no quintal à solta.




Ou no prato com ou sem molho.









Há dias mais complicados que outros, e há dias em que acho que grito demais, me zango demais, e há dias, muitos dias, em que os encho de mimos de colo e de brincadeiras, há dias em que me sento no chão e brinco, há dias em que saio de bicicleta com o Tiago, em que corro, em que ando de escorrega, todos os dias  sou a Mãe de todos , mas há dias mais complicados que outros, e não é isso que é ser Mãe de todos?