domingo, 15 de janeiro de 2017

Só dá para babar!

Quando a mais nova está cheia de sono e quer colo e o mais velho está disponível.
Sim, adormeceu, em 5 minutos!

(Tiago 12 anos e 5 meses, Rosita 5 meses!)




sábado, 14 de janeiro de 2017

Natal - amigo secreto

Agora que somos 8, sinto que estamos completos, para o bem e para a confusão (sim, que mal nunca é) e por isso este foi mais um Natal, mas agora a 8.

Como somos muitos, já o ano passado optamos por fazer o amigo secreto para a troca de presentes, e assim cada um só tem que comprar um presente, em vez de 7. Acho que é um bom habito e eles também gostam da ideia, mesmo percebendo que assim não recebem uma resma de presentes, mas sim "o presente".
Este sorteio fazemos umas 3 semanas antes do Natal e assim cada um tem tempo de comprar o presente ideal para o seu amigo secreto.
Se a ideia continuar a resultar pelos anos fora, vão agradecer-me bastante, porque cada um há-de ter muitos sobrinhos e assim sempre fica mais em conta o Natal.

Este ano a sorte saiu assim:

A Rosita deu uma carteira ao pai.
O pai deu um mp3 à Teresa.
A Teresa deu uma almofada em forma de mocho à Julieta.
A Julieta deu uns phones amarelos à mãe.
A mãe deu um mobil de pano à Rosita.
O Tiago deu uma pista  de madeira com um comboio ao Zé.
O Zé deu umas cartas de contar histórias ao João.
O João deu um livro ao Tiago.

Ufa!! Já viram se não fosse assim??

A Rosita esteve sempre a dormir por isso só abriu o seu presente de manhã e parece que gostou muito, pelos sorrisos que deu.
Também guardamos para de manhã um presente que tínhamos comprado para todos, um telescópio. Eles ficaram mesmo espantados porque de manhã já não estavam à espera de mais nada, e gostaram bastante do presente.

Depois foi como qualquer manhã de Natal ... uma sala cheia de crianças, em pijama, a brincar ou a ver os típicos filmes desta época. O Papá é que já não estava pois teve que trabalhar nesse dia.










sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Churrasqueira gourmet

É uma churrasqueira? É, mas não é uma qualquer, é a "Albufeira Gourmet" e faz grelhados muito bons!

É de uns amigos nossos, na verdade, é da 1ª professora que o Tiago teve, a professora que o ensinou a ler, o nosso primeiro filho, por isso é uma pessoa que ficará para sempre nos nossos corações. Quem não se lembra da sua professora da 1ª classe?

Como foi mais uma professora a ser atirada para fora das escolas, por falta de colocações, agarrou-se de unhas e dentes a este negócio e fez ela muito bem! Claro que o marido também lá está, e como casal gerem e cozinham muito bem estes petiscos.

Foi num destes dias, de surpresa, que eu e o pai Fura Bolos, e a Rosa claro, lhes aparecemos porta a dentro e perguntámos o que é que se podia comer. 
Uma surpresa muito boa, matamos saudades, conversámos sobre os miúdos e sobre projectos, sobre futuro e sobre felicidade e isso é sempre bom, melhor ainda quando estamos ao mesmo tempo a comer deliciosos petiscos.



Uns enchidos, frango assado com um tempero muito bom e um piano de entrecosto que estava muito bom mesmo.

Costuma ir de férias para Albufeira e não sabe onde ir buscar uns grelhados para comer em casa? Está de passagem e quer almoçar ou jantar num ambiente descontraído e familiar?
Então é aqui, Albufeira Gourmet




quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Desenhar em vez de apagar

- Oh professora, mas faço o desenho com o quê?
- Faz com o que quiseres, Tiago.

E eu fiz, mãe. Desenhei com a borracha!

Passou-se numa aula do Tiago, de EV e pronto, este miúdo não há dúvida que tem resposta pronta para tudo (confesso, às vezes até demais e chateia-me), mas nesta esteve bem!


quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Consultora de babywearing

Porque esta coisa de carregar os filhotes ao colo é muito bom, faz muito bem, é divertido, é natural, faz parte da maternidade, não é uma moda e ainda por cima pode ser a "salvação" das mamãs no pós parto, fui aprender mais sobre o assunto.

Eu gosto de os carregar, já o faço há anos, em diferentes idades, com diferentes equipamentos, e gosto de passar a minha experiência às mamãs que acompanho como conselheira em aleitamento materno, para isso estar informada e actualizada é essencial.

O curso de consultora de babywearing da Crianza Natural apareceu na altura certa e eu não tive como não o fazer. De mala feita, com a Rosita no pano e com a minha comadre/amiga/doula/colega Maria como companheira de viagem, lá fomos até Lisboa.

Foi muito bom, informação da boa, passada com muita clareza e tempo para experimentar e testar. A Rosita umas vezes serviu de boneca noutras dormiu, enfim, esteve como só ela sabe estar, perfeita.

Agora a Amamenta Algarve tem ainda mais ferramentas para ajudar mamãs e bebés.









sábado, 10 de dezembro de 2016

A Liliana

Há dias a Liliana telefonou-me. Quem é a Liliana? Pois, eu não a conheço, mas a Liliana podia ser a Maria, a Andreia, a Elisabete, a Ana ... a Liliana é qualquer uma de nós.

Continuando...
A Liliana telefonou-me, estava eu a tomar o meu café matinal, um destes dias, e o que precisava era apenas saber que não está sozinha.

Quando se tem um bebé pequenino passamos por muitos momentos em que achamos que ninguém nos compreende, que mais ninguém está a passar pelo mesmo, que o nosso bebé é o único a não dormir, que nós somos as únicas a dar colo a mais ou a menos, que a amiga da prima do vizinho tem um bebé que engorda mais que o nosso ... e podia continuar por aí fora.
Quando se tem um bebé pequenino passamos por muitos momentos e ponto!

A Liliana ligou-me porque sabe que tal como ela, tenho uma bebé pequenina, porque conhece a minha cara (daqui do blog) e porque sabia que eu a ia compreender e ouvir sem julgar. Não nos conhecemos, mas afinal de contas todas nos conhecemos.

É tão importante termos alguém a quem ligar, fiquei tão feliz por saber que a Liliana sentiu que me podia ligar.

O que aconteceu naquela conversa foi apenas ouvir a Liliana e fazer com que as palavras dela ecoassem e confirmassem que o que está a fazer é o melhor que sabe e está perfeito, o que recebi de volta foi o eco da minha escuta que me confirmou mais uma vez que estou no caminho certo.

É nestas situações que percebo muita coisa, que aceito muitas outras e que agradeço.

domingo, 4 de dezembro de 2016

Bichos carpinteiros!

São 6, seis bichos carpinteiros de volta de muitos pedaços de madeira, parafusos, ferramentas, uns a ajudar outros a ... "ajudar" !

Até agora tínhamos 2 beliches em cada quarto, 1 cama pequena no quarto dos rapazes para o Zé e a Rosa tem a cama de grades encostada à nossa, mas nunca lá dorme. 

Mas o pai Fura Bolos deu-lhe a vontade de mudar e criar e eu fiquei super contente! Já há tempos que tinha visto projectos e beliches de 3 camas na net e tinha ficado a pensar nessa hipótese, e agora aproveitando as férias, o pai resolveu pôr mãos à obra. 

Estas são as fotos dos 2 primeiros dias de obra ... e hoje já temos 1 cama no ar e o Tiago e o João a dormirem os dois lá em cima, para experimentarem!







Adoro quando o Zé tapa os ouvidos por causa do som do berbequim!

O pai Fura Bolos não fez projecto ... viu fotos, viu projectos e lançou-se na obra, eu já tive dúvidas, mas agora já acredito que daqui a dias teremos uns beliches todos catitas!


Estas são as fotos que inspiraram o pai e os filhotes, eu já há muito que as namorava ...
No quarto dos rapazes teremos o modelo em L e no das raparigas o modelo em linha. Também vamos pôr cómodas por baixo das camas para aproveitar espaço.