quarta-feira, 20 de abril de 2011

Bonecos de pano...



Este é o Manel e a Alice. A Mãe de todos lembrou-se a faze-los para o Tiago e para a Teresa e este simples gesto faz-nos pensar nas coisas que realmente importam.

Hoje em dia para qualquer miudo o importante é o jogo novo para a PSP ou outra dessas coisas parecida, as sms que manda aos amigos que por sua vez também são mais virtuais do que reais e outras coisas do tipo.
Aqui em casa não há PSP, não há TV por cabo e o computador é controlado pelos pais e há apenas 1 televisão para todos, parecemos quadrados, antiquados por só termos 4 canais de televisão? Eu acho que não, isto faz com que tenhamos tempo para o que realmente importa.
Brincadeiras pelo chão, livros, cantigas, pinturas e desenhos e muita muita rua, bicicleta, berlinde, pião e o que mais vier.


Quando dei estes bonecos aos miudos ficaram tão contentes que quem visse achava uma parvoice.
Não têm braços, estão mal cosidos, têm cabelos esquisitos e o Manel até tem as calças rotas, mas têm um sorriso e transmitem o que afinal é suficiente para fazer uma criança feliz, amor, dedicação, carinho, alegria, afecto e tempo, tempo de qualidade.

Se calhar em tempo de crise como o de agora é aproveitar para  rever as prioridades, deixar os preconceitos de lado, a mania das grandezas e fazer Bonecos de Pano...


Os mais pequenos ainda não ganharam uns bonecos mas mesmo assim hoje tinham estes sorrisos.