sábado, 9 de setembro de 2017

Questionar para mudar

Irrita-me profundamente quando questionamos alguém sobre um protocolo e a resposta é " mas é assim que tem que fazer" ou "sim, mas é assim" ou ainda melhor (pior) "porque é assim!" .

Minha gente gira e menos gira que trabalha atrás de balcões, secretárias ou mesinhas de um qualquer serviço publico (ou até mesmo privado, mas nestes como pagamos a coisa pia mais fino), quando alguém questiona um protocolo NÃO está a por em causa a qualidade do seu trabalho mas sim a eficácia e qualidade do protocolo em si.

Só questionando conseguimos compreender e mudar (quando necessário) algo que está mal ou menos bem.

Vamos lá!
Gente gira atrás de balcões, sejam mais abertos e menos defensivos, ninguém vos quer atacar, normalmente queremos só respostas construtivas e esclarecedoras em vez de uns "porque é assim" .

(E mudou, o protocolo que questionei, mudou!)

Sem comentários:

Enviar um comentário