segunda-feira, 4 de maio de 2015

Molas para meias

Sete e sete são catorze 
com mais sete vinte um
tenho sete pares de pés 
e não encontro par nenhum! 


Esta podia ser a nossa versão desta cantiga tão antiga. 

Tão antiga como esta cantiga é sem dúvida o dilema das meias sem par, e quando os pés são muitos e as meias ainda mais tudo fica mais dramático. 
aqui contei sobre este nosso drama diário, ainda assim quando abri a boca para falar éramos só 6, agora somos 7 e se de 6 para 7 a diferença são só dois pés, isso traduzido em meias é muita meia.

Cruzei-me há dias com a página das Molas para Meias, e com uma oferta especial para famílias numerosas e decidi experimentar. Simpaticamente os senhores das Molas para Meias, percebendo o meu drama de Mãe de Todos, enviaram-me um pack de amostras e aqui estamos nós a testar esta promessa de "pares de meias unidos para sempre"! 

Já usamos na lavagem e correu bem.


Depois foi só tirar da máquina e estender, perfeito, já nem é preciso mais molas para a corda.



Quando estão secas é apanhar e dobrar com a mola na mesma.


Vão para as gavetas assim e depois é só tirar a mola na hora de calçar.


É um processo que resulta, tenho a certeza, mas com tanta gente miúda tem que ser um processo aprendido e tornado rotina.
A minha ideia é colocar um cestinho com as molas na casa de banho, quando tiram as meias para tomar banho juntam-nas logo com a mola e jogam para a roupa suja, depois elas fazem o circuito normal de lavagem, secagem e dobragem e voltam à gaveta sempre com a mola!

Obrigada equipa das Molas para Meias pela vossa ajuda em tornar esta tarefa familiar mais fácil!