terça-feira, 28 de abril de 2015

Abriu buraco ...

Hoje ao fim da tarde, com a visita do compadre Carlos recordámos  uma historia, mais uma  de tantas que acontecem nesta aldeia.

Há tempos o Tiago foi à mercearia fazer um recado e quando veio de lá vinha a rir à gargalhada. Quase que custava a contar o que tinha acontecido.

Enquanto esperava para ser atendido assistiu a uma reclamação de uma cliente. A cliente era uma daquelas personagens cá da aldeia, daquelas que todas as aldeias se podem orgulhar de ter, e estava a reclamar sobre um produto que comprou e segundo a sua opinião, era de fraca qualidade.

- Olhe o papel que comprei cá da ultima vez, não valia nada. Fui-me limpar e rasgou-se todo ... abriu buraco ..

O Tiago a esta altura teve que se aguentar para não dar uma boa gargalhada lá na mercearia, fez o recado e voltou para casa a rir pela rua.

E vocês, já estão a dar uma boa gargalhada?