terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Berra-me baixo




Que grande desafio pessoal e familiar a que nós nos propusemos.

Passou por mim num qualquer post de facebook e eu curiosa fui ver o que era e não é que era uma coisa para mim?
Parecia que a Magda do blog Mum´s the boss estava a falar só para mim, porque a carapuça serviu de tal maneira que não pude fingir que não via!

Somos 7 cá em casa, só isso já faz com que naturalmente haja barulho e isso é bom, mas também faz com que se há barulho nos habituemos a falar mais alto quando queremos ser ouvidos, e do alto ao berro é um saltinho que eu dei mesmo sem dar conta.
Se calha o Zé estar a chorar, a Julieta a berrar da sanita "MÃE, JÁ FIZ COCÓ!" , o João a querer mostrar-me um desenho, a Teresa irritada porque não consegue enfiar as malhas no tear novo e o Tiago vem com uma qualquer pergunta não é difícil de imaginar que eu pregue um berro, e sim, tenho pregado muitos, infelizmente, aqui me confesso.
Se estamos os dois em casa e tudo o que acima referi acontece, também não é difícil que de repente estejamos os dois a falar alto de mais um com o outro e a entrar em tom de conflito, nem que seja para dizer "sim, já limpei o rabo à Julieta!"

Lendo o desafio da Magda percebi que é possível e quero mudar. Não que eu não soubesse que não era correcto berrar para ser ouvida, mas uma pessoa entra no modo piloto automático e deixa quase de raciocinar, junta-se o cansaço que vem no pacote "bebé novo", as noites dormidas aos bocadinhos e todas as outras actividades interessantes de uma casa cheia de gente e o cocktail está feito!
E de repente parece que o Berra-me Baixo me berrou baixinho ao ouvido "Tu és capaz, tu podes mudar, tu vais conseguir e vais adorar o resultado de ter uma casa cheia de gente mas tudo a falar baixinho! " e a ficha caiu.
Claro que sozinha não dava por isso conto com o pai Fura Bolos que está nisto comigo e com um grupo de amigas online com quem posso berrar alto quando preciso de desabafar!

A partir de agora podem vir aqui berrar comigo, desde que seja baixinho, e baixinho vos digo que já vamos no 2º dia sem berros, parabéns a nós.