quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Uma questão de civismo

Ir à escola buscar os miúdos faz parte das rotinas de qualquer mãe ou pai, todos temos de o fazer, com mais tempo ou menos tempo, há horários a cumprir.

Agora expliquem-me lá como se eu fosse muito burra qual é a diferença entre estacionar bem o carro, num dos muitos lugares vagos do parque de estacionamento mesmo em frente à porta da escola, e parar simplesmente o carro na estrada em frente à escola? 

A grande diferença que vejo entre uma coisa e outra é o facto de quem chega e estaciona bem quando volta ao carro vê-se obrigado a esperar que os mais "apressados", "espertos" ou simplesmente "distraídos" tirem o carro deles para podermos nós também sair. 

Será assim tão difícil perceber que a pressa que trazem pode empatar a pressa que os outros também têm? É que quem apesar de ter pressa estaciona bem, a seguir acaba por ter que esperar que os outros apressados, os que largam o carro simplesmente, cheguem e façam o favor de nos deixar sair.

É ridículo ver os lugares vagos no estacionamento, e a quantidade de chico-espertos parados em frente da escola.

Sr. presidente da câmara, um sinalinho destes já calhava bem!



p.s. Aqueles que possam ler isto e do alto da sua esperteza dizer "olha lá está aquela que nem trabalha, não tem horários e não tem mais nada que fazer se não mandar estes bitaiques" , sim é verdade não trabalho fora por opção, mas isso não implica que também não tenha horários (e pressa) e sim, tenho muito que fazer, nem imaginam a quantidade de roupa suja que tenho para lavar!