quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Lambuzei-me toda!

O alguidar cheio de carnes a salgar prometia e eu ... esperava ansiosa pelo momento!

Esta manhã o apito da panela enchia a cozinha, o cheiro a couves e chouriço espalhava-se pelo ar e eu cada vez mais ansiosa.

E sim, dei muito nas vistas, quando as travessas chegaram à mesa servi os miúdos à pressa, depois enchi o meu prato e mergulhei! O pai Fura Bolos que se arranjasse com o Zé, eu estava demasiado ocupada!

Até os miúdos repararam e comentaram :
- Bolas mãe, estavas mesmo com vontade de cozido à portuguesa!

Sim, estava! Não lhes chamo desejos, gosto mais de chamar apetites, mas que me lambuzei toda, ai isso lambuzei. Caramba, comi até não poder mais.

Carne de porco, chouriço, morcela, carne de vaca, nabos, couve, batata, cenoura e arroz branco, tudo regado com a água da cozedura!

E a casa só cheira a cozido!