quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Lavar o rabo com água das malvas!

Já ouviram com certeza esta expressão e não é à toa.

É agora que os senhores das grandes marcas de cosmética para bebés vão ficar chateados comigo mas realmente não há como as malvas!

O Zé ontem ficou com o rabinho assado, fez mais cocós que o habitual, quem sabe vem aí mais um dente ou até o leitinho da mamã já está a mudar para o bebé que está para chegar, alguma coisa foi. O pai Fura Bolos foi apanhar umas malvas e eu fervi-as muito bem e é com essa água que tenho lavado e limpo o Zé.

De ontem para hoje as melhoras estão à vista, e sem um único pingo de pomada, creme ou pó quimico.

Como é que eu faço:

- Ferver as malvas durante uns 5 minutos
- Deixar arrefecer com as folhas na água
- Usar a água para lavar o rabinho
- Guardar o resto da água no frigorífico até 2 dias.

Na muda da fralda usar umas compressas ou umas toalhitas (bem lavadas em água corrente para tirar os químicos). Com as compressas bem encharcadas  na água das malvas limpar o rabinho, sem esfregar. Deixar ao ar para secar, soprar ajuda e o bebé farta-se de rir.


Aqui podem ler um artigo da minha amiga Fernanda Botelho sobre as malvas, nossas amigas!


Sem comentários:

Enviar um comentário