sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Pen pal

"Amigo por correspondência

Os amigos por correspondência são pessoas que se correspondem regularmente através de cartas. O termo pode designar ainda este meio de comunicação despretensioso e que é contrário à tendência informatizada da troca de informações.
O pen pal (literalmente: amigo de caneta) é alguém com quem falamos pelo meio e portanto, podendo ser ou não uma pessoa com quem já nos encontrámos fisicamente em algum dia da sua vida.
Nos tempos atuais, o "pen pal" está caindo em desuso, devido ao crescimento, maior abrangência e rapidez dos comunicadores instantâneos e do e-mail, ambos via Internet. "

(retirado da Wikipédia)

Alguém se lembra disto? Amigos à distancia de uma carta ou postal, amigos de longe, desconhecidos que se tornavam conhecidos, amigos de outros países?

Eu tive se bem me lembro um amigo/a de França. Está lá tão bem guardado no baú das memórias que sou sincera, não me lembro de muito mais do que saber que existiu.

Uma amiga do coração tem um projecto muito lindo em Vila Real, Trás os Montes, e um dia perguntou se os meus filhos gostariam de ter pen pals, quando li a proposta tive que sorrir, só o facto de ler a expressão pen pal já me faz viajar tão longe nas memórias, e sim, claro que eles iam gostar de ter novos amigos.

De Vila Real ao Algarve chegaram 4 postais, coloridos, desenhados, escritos, divertidos e cheios de carinho. Demorou um pouco a explicar aos miúdos o contexto, mas logo logo eles falavam entre eles dos novos amigos.

O João e o Tiago quiseram enviar postais daqui para dar a conhecer o sitio onde moram, já as meninas quiseram enviar postais feitos por elas com desenhos.

- Sabes mãe, acho que nunca escrevi um postal.

Sei Tiago, estes são tempos diferentes, tempos de gente apressada, de gente sem paciência para esperar 3 ou 4 dias por novidades pelo correio, gente de sms, de e-mails, de redes sociais, estes são os tempos de novos tempos.

Mas os nossos postais lá seguiram viagem, umas semanas atrasados, mas seguiram, e agora já vão a caminho do Algarve a Trás os Montes.
Para já serviu para explicar como funcionam os correios, o que são selos e onde fica Vila Real, por isso para já já serviu para muito!

Os que recebemos:



E os que enviámos:

O João não esperou que eu ligasse a máquina para pôr o dele no correio.

A Julieta a esforçar-se para chegar, mas teve mesmo que pedir ajuda à mana Teresa.



O Tiago e a Teresa compenetrados na tarefa que era novidade para eles.



Amigos do Alegrim pim pim, esperamos que gostem deste miminho.

1 comentário:

  1. nada como escrever, eu recebo e envio.
    é uma ansiedade q nao tem preço:=

    ResponderEliminar