quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Peças com história

Não é de estranhar que com 5 filhos haja peças de vestuário, material de passeio, utensílios de comer ou brinquedos com história, muita história e muitas histórias para contar.

Há aquele babygrow que já foi de todos e todos vestiram. E há também os que apesar de novos nunca serviram a ninguém.
Há a cadeira da papa que já serviu para os 4, foi usada por uma amiga e está de volta para o Zé comer.
Há o brinquedo que faz barulho, que é um polvo mas que eu sempre achei que parece uma banana que vem desde o Tiago bebé e até já foi passear à Holanda.
Havia o carrinho que eu deitei fora porque já acusava muito uso e que tinha servido tão bem agora, soubesse eu que ia engravidar outra vez.

E há a toalha de banho. A típica toalha de banho bordada a ponto cruz, aquela que todos os bebés têm, daquelas que todas as avós bordam, aquela que fica tão gira com o nome do bebé, ou não.

Estava eu grávida do Tiago quando a avó Guida comprou linhas e uma toalha para bordar, um barquinho  e o nome TIAGO.
E o barquinho nasceu, umas bolinhas e um T...
E a Teresa nasceu e o barquinho, as bolinhas e o T ganharam um E como amigo.
E o João nasceu e a avó desmanchou o T e o E e fez uma estrelinha.
E a Julieta chegou e a avó nem do lençol se lembrou.
E hoje o Zé, 5º filho, 5º neto teve honras de estrear a toalha, bordada agora com o barquinho, 2 estrelinhas e 2 bolinhas. E desta vez quem quase se esquecia de usar a toalha era eu!

Mas digam lá que não é gira a toalha de banho que a avó Guida fez para ... os netos, sim, digo netos no plural porque ao fim ao cabo foi de todos e quase que não era de nenhum!

E a sorte que a avó Guida teve de eu não me ter ficado só por um filho, sorte que teve em eu lhe ir dando motivos e incentivos para acabar o bem dito do lençol de banho.




E nem vou aqui mencionar que as más línguas diziam que a avó havia de acabar a toalha quando o Tiago fosse para a tropa, que gente essa com ideias tão disparatadas! (eu)