terça-feira, 8 de abril de 2014

A fila do supermercado

Este é um tema que toca a todos, pois todos vamos ao supermercado, mas a uns toca mais que outros!

Ora mãe de 4, grávida do 5º, barriga de 4 meses e meio que mais parecem 9 meses, 2 filhas pela mão, 1 cesto com compras e 2 filhos para ir buscar e um supermercado  "cheio" de turistas de calção e chinelo.
Estamos nas férias da Páscoa e eles já começaram a chegar, os turistas, quem traz dinheiro (mais ou menos) a esta terra, vêm de fora, do estrangeiro, onde têm muitas regras e são muito cumpridores, e depois chegam cá, enfiam o chinelo no pé e vestem os calções e esquecem-se de tudo!

Num supermercado grande normalmente há caixas prioritárias, já todos as vimos e muitas de nós já as usamos, mas aqui na aldeia o supermercado apesar de ter um tamanho pequeno/médio e pertencer a uma grande cadeia de supermercados não tem sinalética de caixa prioritária, mas a lei (para os serviços públicos) existe e as regras de boa educação também.
Com isto tudo e chegada à caixa para pagar e perante 2 caixas abertas com fila, numa delas uma grávida também já a ser atendia, dou sinal à empregada e ela diz simpaticamente ao senhor que se segue que tem que me deixar passar, mas para chegar a este lugar tenho antes que passar por um casal de meia idade, inglês, que provavelmente na terra deles são o exemplo da boa educação. Dialogo (e eu ainda assim mesmo sendo portuguesa e estando na minha terra falei em inglês para o senhor não se sentir incomodado) :

Eu - Excuse me, can I pass please?
Turista- Why? (com maus modos)
Eu- Because I’m pregnant !!?? (eu a apontar para o barrigão, enquanto olho para ver se não perco nenhuma das filhas no meio das pessoas) 
Turista - Go to the other till! (diz-me o homem com maus modos e a apontar para a outra caixa)
Eu - No, the lady told me to go on this one, excuse me. (furo e tento manter a calma) 
Turista - (a resmungar para a mullher dele) Unfff she says is because she is pregnant ... uunnnffff

Eu - I suppose its the same rule in your country as well ( e com isto calei-me)

Há dias em que espero, há dias em que as próprias pessoas na fila me mandam passar à frente e há dias em que estou cansada, em que tenho filhos para ir tratar, em que simplesmente penso que se tenho direito então é para usar! 

Pronto, e isto ainda são só as férias da Páscoa ... venha o Verão que eu  grávida de 8/9 meses cá estarei para os bem receber (aos turistas) com um sorriso na cara! 




Decreto-Lei n.º 135/99 de 22 de Abril
Artigo 9.º
Prioridades no atendimento
1 - Deve ser dada prioridade ao atendimento dos idosos, doentes, grávidas, pessoas com deficiência ou acompanhadas de crianças de colo e outros casos específicos com necessidades de atendimento prioritário.

"Contudo, estas Caixas atendem todos os Clientes, mas dão prioridade aos Clientes na situação descrita. Há que indicar a quem está na fila de espera que a sua situação é prioritária e só depois usar educadamente esse direito. Ainda assim, o operador(a) da caixa tem aqui um papel importante porque deve ter uma atitude proactiva e sinalizar a situação aos demais clientes." Texto retirado do blog Minuto Acessível