segunda-feira, 16 de abril de 2012

1 ano nova imagem

É verdade, de conversa em conversa, de episódio em episódio, de história em história, já se passou 1 ano.

Fez dia 3 de Abril 1 ano que escrevi aqui pela primeira vez, muito na incerteza se isto seria boa ideia ou não, se faria sentido para alguém  ou se era só carolice minha, se, se ,se ... Mas não tardei a ter o feedback (retorno que eu até nem gosto de estrangeirismos) que queria, que precisava para continuar, e continuei.

Todos os dias há historias cá por casa mas nem todos os dias eu as passo para aqui. Há os dias em que não tenho tempo, há os dias em que não me apetece, há aqueles em que acho que ninguém ia ler, os em que espero que todos leiam, mas todos os dias há histórias cá por casa.

Durante 1 ano escrevi sobre tudo e sobre nada. Sobre conversas de miúdos, conversas de adultos, sobre comida (que é sempre muito apreciada claro!), sobre vestuário, sobre poupança, sobre gastos, sobre brincar e rir, chorar e fazer birras, sobre dormir ou acordar, sair de casa, passear, ficar em casa, coisas para fazer ou coisas que não fizemos (ainda), sobre o pai Fura Bolos, a Mãe de Todos, os T's e os J's, ou seja os grandes e os pequenos ou então sobre os das pontas e os do meio...

Quando leio para trás percebo que escrevi muito e sei que alguns leram.

O blog se não servir para mais nada, já serviu para ter histórias que contar na hora de ir dormir, é engraçado como qualquer coisa lida em tom de história resulta bem, nem que seja um episódio sobre  salsichas com esparguete, e isso é bom, sabe bem (as histórias, não as salsichas!).

É giro e estranho ao mesmo tempo falar com alguém e de repente perceber que essa pessoa já "ouviu" o que estou a contar, ou seja já leu aqui, mas ainda assim ouve de novo e há motivo de conversa.

Durante este ano a Mãe de Todos lançou-se na costura, coisa que nunca tinha feito até aqui, e assim nasceram os Miminhos da Mâe de Todos, e a marca que já tínhamos, Mãe de Todos,  precisava de ser mais forte.

Os criativos da aldeia, talentos escondidos no meio de ruas de calçada e casinhas pequenas e brancas, que são amigos que me lêem e que quiseram fazer parte desta mudança de imagem, ajudaram, deram palpites, ideias, ajudas técnicas, e assim chegámos ao logótipo Mãe de Todos (Blog e Miminhos).





A imagem está diferente, mais limpa e própria, mas o que me traz aqui é o mesmo de sempre, contar histórias, as histórias cá de casa, da mesma maneira como o fiz ao longo deste ano.

Obrigada aos que me leram durante um ano, aos que comentaram, que palpitaram, que gostaram, que não gostaram, que partilharam, ou que guardaram para si.

A Mãe de Todos vai continuar por aqui, a contar as peripécias de uma família com 4 filhos, agora também uma cadela, uma casa, um quintal, uma horta, uma aldeia, uma família alargada e muitos amigos.



Em rodapé, não posso deixar de escrever que andamos todos muito tristes porque um grande amigo, o nosso querido amigo Max, o "avô" inglês, está muito doente e que que temos agora apenas tempo para estarmos com ele enquanto estivermos...