segunda-feira, 30 de abril de 2012

Stop it Max!

And I wich he didnt stop!

Ainda parece irreal, saber que o Max, o amigo Max, o grande amigo Max, nos deixou, ou quer dizer... saiu daqui e foi para um lugar onde não sofre, onde nos vê e ouve e de onde nos protege, mas onde nós não o podemos visitar, brincar com ele, levar os miúdos a vê-lo ...

Custa a acreditar, mas assim foi, o nosso amigo Max estava tão doente que merecia descansar e não sofrer mais.

Foram dias muito intensos, desde o dia em que o levei ao hospital, em que me disseram que era muito grave, o dia em que ele nem no hospital queria ficar, e o dia em que ele fechou os olhos, só passaram 17 dias, e foi tudo tão rápido!

E os miúdos vão sempre dizer Stop it Max !

Se há família que nós escolhemos, o Max e a Marie fazem parte dela, e é tão bom saber que temos uma grande família!

Descansa amigo, nós nunca te esqueceremos.

Esta foto mostra como era o nosso Max! E os miúdos adoravam-no!