sexta-feira, 4 de novembro de 2011

E afinal o que é uma Doula?

"Já ouvi esse termo!"
"Vê lá onde te metes"


Mas como ouvir o termo só não chega ... na cabeça da Mãe de todos a ideia de ser uma Doula já estava a crescer há tempos.
"Mas diz-me lá, dói muito?"
"Olha e como foi, levaste epidural?"
"Ai que a minha irmã está lá (hospital) sozinha e precisa que liguem para lá para saber o que se passa..."
"E sabes se deixam o marido entrar?"
"E..."
"Mas..."
Então a Mãe de todos percebeu que ter experiência de 4 gravidezes, 4 partos, 4 pós partos, enfim ter 4 filhos isso só por sim não chega para responder ao que muitas vezes me perguntam.


Aninhadas nos pufs, ou sentadas em almofadas, ou deitadas em colchões, confortáveis, quentinhas, foi assim que nos conhecemos, foi assim que cada uma disse de onde veio, ao que veio e porque veio, e éramos todas tão diferentes e no entanto todas unidas no mesmo desejo de saber mais, de aprender mais.



E lá foi a Mãe de todos nesta viagem, guiada por quem já a fez, por quem sabe o que faz, por quem quer partilhar o que sabe, a  Carla Silveira e a Ana Raposeira e a quem se juntou a Carla Guiomar .
Foram dias de muita emoção, muita informação, muita partilha, muitas gargalhadas (ou não fosse um grupo de mulheres), muitas lágrimas (ou não fosse um grupo de mulheres) e muito enrequecimento, muita descoberta e muito crescimento pessoal.


Os momentos de pausa foram também momentos de brincadeiras, conversas, comentarios, descobertas de novos sabores, sempre com boa disposição.



Se havia alguma duvida de que a Mãe de todos deveria ter ido a esta formação essa duvida desapareceu com o passar dos dias, ao longo das conversas, com os sorrisos, com os olhares cumplices, com os abraços apertados, com o calor humano, calor de mulheres.


Agora a Mãe de todos tem um novo caminho por onde ir, um caminho que foi descoberto e agora dá vontade de andar por ele sem parar, sempre na busca de mais conhecimento, sempre em busca de mais informação, muitos livros para ler, muitos filmes para ver, muitas ideias para trocar...

E sim, a Mãe de todos às vezes também precisa de miminhos...