domingo, 20 de novembro de 2011

Andar nas nuvens!

Com todos no carro, com tempo frio e quase de chuva não havia grande coisa para fazer, mas há sempre qualquer coisa.

O Tiago de repente grita e diz

"olha ali, parece um elefante! Aquela nuvem mãe, parece um elefante"

Logo não vi nada, mas quando puxo por ele e peço para me descrever aí vejo o mesmo elefante que ele... ou será que era outro. Uma nuvem está sempre em mudança, está sempre a mudar de forma de tamanho, mas por segundos ele, o elefante estava lá e eu fotografei-o, qual fotografa do National Geografic!

A Teresa percebeu do que falávamos e foi ela a seguinte a gritar entusiasmada:

"Ali, aquela é um três, o numero três mãe, não vês?"

Sim claro que via! A imaginação leva-nos onde queremos ir e a dos miúdos é muito fértil e saudável!

E foi assim durante o percurso de volta a casa, com várias paragens para fotografar nuvens que pareciam coisas, coisas que cada um queria ver, ou que imaginava, ou que tinha a certeza que era mesmo!

Depois disto lembrei-me que vi um dia num blog, lamento não saber o nome, umas fotos que alguém publicou com nuvens fotografadas e desenhadas por cima.  E que grande ideia!

Computador ligado, 3 miúdos de roda dele a lutarem pelo melhor lugar, pela melhor posição de acesso ao teclado, eu também quero fazer" o três é meu!" "sim mas agora é a cara e fui eu que a vi!" e deu para todos, até para a Mãe de todos andar nas nuvens.


Desatento, despreocupado, com o pensamento longe, imaginando coisas. (literalmente imaginando coisas!)


A Mãe de todos desenhou o elefante imaginado pelo Tiago.



 A Teresa desenhou o 3 que viu no céu.




O João pediu um memé e ajudou a pinta-lo.




O Tiago desenhou um dinossauro para o João.



E na mesma nuvem a Mãe de todos e o Tiago viram 2 caras, bem diferentes!

O Tiago viu esta:




E a Mãe de todos viu esta:





Um passatempo de imaginação muito bom, fácil e barato! E enquanto andamos de cabeça nas nuvens andamos mais felizes!