terça-feira, 2 de junho de 2015

Marcha a trás

- Paulo, tens que vir aqui depressa! Fiquei sem marcha a trás!
- Como? Ficaste sem marcha a trás?
- Sim, entrei aqui na rua do Infantário e ia dar a volta e já não entra. Agora só se parar o carro ali à frente e deixa-lo! Para trás não consigo ir.
- Opá, espera aí que já vou.

Isto foi a conversa ao telefone, não me bastava o dedo inchado, a dor para meter as mudanças e segurar no volante e ainda uma destas, ontem ao fim da tarde. O pai Fura Bolos super atrasado para o trabalho, lá vem ele na sua scooter, salvar a Mãe de Todos.

Eu entretanto entro no Infantário, vou buscar os 2 miúdos e quando saio à rua já estava o carro voltado para o lado certo e o pai Fura Bolos com cara de riso.

- Conseguiste? - Pergunto eu
- Sim, não se passa , ora experimenta.

Entro no carro pego na alavanca das mudanças e meto a marcha a trás, sem problema nenhum, solto uma gargalhada, mas daquelas mesmo à serie!

Ontem lembrei-me de meter a marcha a trás sem puxar o manipulo para cima, como é suposto e eu faço TODOS OS DIAS há 9 anos!

Podia ter sido pior? Podia, podia ter chamado a assistência em viagem com o reboque ...