terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Teresa, a valente

E pode-se afirmar que sim, a Teresa é uma valente.
Verdade que não temos tido muitas situações que envolvam médicos, picadas, enfermeiros ... felizmente, mas as que temos tido têm sido daquelas do arco da velha!

A Teresa já teve um carrapato enfiado na pele, já teve um panaricio, já levou um ponto e hoje foi isto! Um brinco engolido pela orelha .

Há umas semanas as miúdas furaram as orelhas! Não houve lágrimas, não houve infecções, não houve brincos colados, tudo correu lindamente. Entretanto no dia em que se completavam as 6 semanas do prazo indicado para se poder mudar de brincos, as duas quiseram mudar, claro está, para uns brincos mais giros do que as simples bolinhas com que furaram.
Comprei uns brincos com umas joaninhas, feitos em fimo, nada de especial mas foi o que consegui comprar aqui na zona, isto já com a promessa de que iríamos um dia comprar uns mais giros e brilhantes.
As ditas joaninhas começaram a encalhar nas roupas, nos cabelos e uma a uma foram caíndo e perderam-se. A Julieta andou uns dias sem nada e os buracos já estavam a querer fechar e para não acontecer o mesmo à Teresa lembrei-me de colocar-lhe a bolinha com que furou, mas de tão pequenina que era e eu apertei de mais, ela foi literalmente engolida para dentro do buraco e nós só reparamos já o buraco tinha quase fechado na frente com a bolinha lá dentro!
Sim eu sei que passaram alguns dias e eu podia ter reparado mais cedo mas são 5 pares de orelhas sem contar com as minhas e as do pai Fura Bolos, é muita orelha para uma mãe controlar e vigiar todos os dias!

Montei então uma operação para tentar tirar a bolinha, gelo para anestesiar, álcool para desinfectar, compressas para limpar, mas a bolinha  pela frente já não saia e por trás ... parecia não querer sair.
E agora? O sangue frio da Mãe de Todos não foi suficiente para tirar a bolinha só com as mãos e um cubo de gelo, a solução foi ir ter com a amiga enfermeira Sandra!

E a Teresa foi uma valente. Sem anestesia, apenas com uma pomadinha que dá um pouco o efeito de dormência, sentada ao meu colo e abraçada à Sandra, a Teresa deixou que uma doutora lhe tirasse a bolinha com a ajuda de um bisturi!
Ah VALENTE! Nem um AI se ouviu, um pequeníssimo corte e a bolinha lá saiu!

Agora já dorme com os seus brincos novos postos, uns mochinhos de olhos grandes e espero que isto lhe sirva para que daqui a uns anos não queira entrar na moda dos piercings!

Pronto, esta já passou, o que se segue?