quinta-feira, 25 de abril de 2013

Noite de baile!

Quem nunca foi a um baile de aldeia, ponha o dedo no ar! Nem sabem o que perdem!

Os miúdos acabaram de jantar e nem perceberam muito bem ... então afinal em vez de irem para a cama iam sair de casa? Havia uma espécie de nervosinho e expectativa, mas não sabiam bem porquê!  Pelo facto de saírem de casa depois do jantar  e ainda por cima com um baile como destino!

Nenhum  bailou, uns quiseram colo, outros choramingavam outro foi jogar matraquilhos ... mas foram ao baile!

O ambiente é engraçado, aos primeiros acordes ninguém dança, depois a pouco e pouco uns e outros arranjam pares, os do costume ou alguns pela primeira vez nota-se bem a diferença, a musica corre, os pares saltitam pela pista, e no fim todos se sentam, para recomeçar o ritual na musica seguinte!

Há pares improváveis, há pares previsíveis e há os sem par, há para todos os gostos, há cor, risadas, caras sérias e concentradas, enfim é o baile da aldeia!







E por fim ao som do tocador, a Julieta adormeceu assim, quase em pé, ao colo de uma maneira que só visto! Estava na hora de voltar para casa!