sábado, 29 de outubro de 2016

Diário de uma gravidez ilustrada

Era impossível resistir!

Adoro os cartoons da Ana Agostinho, nota-se pela nossa foto de família não se nota? 
Revejo-me em muitas ilustrações que a Ana faz onde mostra o dia a dia de uma mãe.
Também  trabalho a partir de casa para poder estar mais tempo com os filhotes, principalmente enquanto são bebés. 
Sou mulher, mãe e empreendedora, tal como a Ana e por isso tinha que apoiar este projecto. 
Ah, e até me chamo Ana como a Ana!
Para a Ana este livro significa mais tempo para ficar em casa com a filhota Eva, só por isso já valia a pena comprar, sendo giro e divertido, melhor ainda. 

O meu veio autografado e tudo, recheado de muita ocitocina. Tão bom Ana! 





Os miúdos cá de casa também já leram e acharam divertido. 

Fica aqui o contacto da página A minha vida dava um cartoon onde podem ver mais cartoons da Ana Agostinho, encomendar um livro ou pedir um cartoon especial personalizado. 

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Na minha cesta eu levo ...

Lembram-se do jogo que se jogava nas viagens de carro? Na minha mala eu levo...

A manhã estava chuvosa, cinzenta, apetecia ficar em casa.
Nesta mesma manhã, quando 4 estavam na escola, 1 tinha ido passear com o pai e outra dormia calmamente, tocou o telefone.
Do outro lado um recém pai, pai há 3 dias, pedia ajuda para a amamentação. "Com urgência, sim, precisamos de ajuda ainda hoje, é possível? "

Olho para a minha bebé que dormia, olho para a janela onde a chuva batia, olho para o relógio e vejo que o tempo não pára e respondo:  "Sim, claro que é possível, estou aí daqui a 2 horas. "

Na minha cesta eu levo os livros, o material didático, os folhetos, a minha experiência de mãe, as formações que fiz, os cursos que quero fazer, as horas longe dos meus filhos, a manta para a Rosa. Na minha cesta eu levo entrega, paixão, confiança, dicas, conhecimento e uma mama de crochet.

Na minha cesta eu levo as minhas mãos e o meu coração, sei que há uma mãe, um pai e um bebé que precisam disso, e vou.
Mesmo  num dia como o de hoje, chuvoso e cinzento em que só apetecia ficar em casa.

Quando olho para trás sorrio, eu levei a minha cesta com tudo o que cabe nela e trouxe nela o reconhecimento do meu trabalho.

Faço-o com graça, mas não de graça, é o meu trabalho, mas perceber que quem recebe o que levo valoriza cada palavra dita, cada gesto, cada conselho e lhe dá o devido valor, mais do que eu própria por vezes penso merecer, é muito gratificante.

Grata a todos os que me permitem trabalhar com um sorriso e o coração.




segunda-feira, 24 de outubro de 2016

O grito do corpo

Hoje conheci mais uma mulher.

Às vezes espanto-me como certas pessoas aparecem no meu caminho, mas ao mesmo tempo sei que quando caminhamos raramente vamos sozinhos. Parados é que não encontramos ninguém.

Hoje fui ao lançamento do livro "O grito do corpo", um livro pequeno mas com sugestões poderosas para mudarmos e tomarmos melhor conta do nosso corpo.

A Camille é francesa mas foi nos Açores que encontrou raízes para viver e criar os seus filhos.

A Camille, para falar do poder de mudarmos crenças e de acreditarmos no nosso corpo, deu como exemplo a sua experiência com a amamentação, imaginem o que senti, eu que estava sentada numa cadeira a ouvi-la e a amamentar a minha Rosita. 
A Camille é mãe de 4 filhos, está na casa dos 40 e por isso sentiu que o seu caminho era este, transmitir conhecimento por meio de um livro. 
Eu sou mãe de 6 filhos, estou com 40 e vou caminhando, cada dia mais um bocadinho. 

Sorrimos uma para a outra, naquele sorriso cúmplice de quem tem pensamentos em comum.





sábado, 22 de outubro de 2016

Música para o Zé e para a Rosita

Ainda grávida da Rosita fui a uma sessão de música para bebés com o Zé, e ele nunca mais se esqueceu... Nos meses de Verão, não tive oportunidade de ir com ele novamente, mas hoje voltamos e mais uma vez adoramos, eu, ele e a Rosita.

E foi tão bom vê-lo lá ver os sorrisos e a expressão corporal dele, assim, sem os manos mais velhos que às vezes o "atrapalham" ou não o deixam ser tão bebé.

Hoje o Zé foi à música e levou a mana mais nova, e via-se que estava no papel de mano crescido.
Esteve um pouco envergonhado mas divertiu-se e brincou. Deu mimos à Rosita, tocou na viola e mamou.
Uma manhã divertida que vamos repetir com mais regularidade.

Em Lagos, no Espaço Infinitus , uma vez por mês.




quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Amamenta Algarve

Quem costuma vir aqui a este cantinho, sabe que sou mãe que amamenta,mas também sou uma profissional na área da amamentação e maternidade.

Como conselheira em aleitamento materno tenho acompanhado e apoiado muitas mamãs no inicio da amamentação mas não só, também quando regressam ao trabalho ou quando surge alguma dificuldade, e para isso e por isso nasceu a Amamenta Algarve.

A Amamenta Algarve é um projecto que pertence a uma rede, Rede Amamenta que já está em mais 3 distritos, Amamenta Porto, Amamenta Lisboa e Amamenta Setúbal, que foi pensado por mulheres para mulheres mas não só!

Porque acreditei desde logo neste modelo de apoio em rede,  não hesitei em juntar-me a ele, contando com a companhia da minha querida amiga e comadre Maria Gallet.

E como nem tudo é Lisboa ou Porto, a Amamenta Algarve existe para apoiar, informar e inspirar confiança a todas as mães espalhadas por este pedaço de terra ao sul.

Visitem a nossa página no facebook, visitem o nosso site, partilhem com as amigas, algarvias ou não, e se sentirem necessidade contactem-nos.



terça-feira, 18 de outubro de 2016

"O grito do corpo" - lançamento de livro

Um titulo forte, um grito para quem quiser ouvir.

O lançamento deste livro que quero ler, será este Domingo na Biblioteca da Vila do Bispo.

domingo, 16 de outubro de 2016

Um trapo novo!

Para quem não sabe, eu sou uma mãe que carrega os bebés.
Já há anos que uso trapos para carregar filhotes, mas um destes ainda nunca tinha tido, e estou contente.

A avó Guida queria dar um presente à Rosita, como não sabia o que comprar, deu dinheiro, e eu soube logo o que queria, já há muito tempo.

No mesmo dia surgiu uma promoção num site espanhol com panos bem giros, bons e a um super preço, ora eu não podia deixar escapar a oportunidade.

É colorido, grande que se farta e será mais macio quando estiver mais "quebrado".
São 5 metros de pano e a Rosita faz neste o que faz em todos, adormece assim que a "amarro", e pronto, posso continuar com a minha vidinha.

Agora tenho o grande desafio de fazer amarrações, ou melhor, portes, diferentes e experimentar outras maneiras de a carregar. Mais uma entretenha!



Tratar da roupa é uma das actividades que se faz muito bem com um bebé no pano, fica a dica para as mamãs que ainda não experimentaram.

Porque cá em casa ninguém fica pendurado (#ninguemficapendurado) !

(para saber por onde começar, nada melhor que uma consulta com uma consultora de babywearing)






quarta-feira, 12 de outubro de 2016

13 anos - Bodas de linho

Foi ontem, dia 11 de Outubro que comemorámos mais um aniversario de casamento.

O pai Fura Bolos fez-me um almoço delicioso, uns camarões tigre enormes fritos acompanhados de manga e courgete grelhada, arroz e um molho de caril divinal, e eu achei que já estava!

Para 13 anos, dia de semana, pai sem folga e os miúdos todos à noite para jantar, achei que o almoço em casa a 4, porque o Zé também almoçou e a Rosa mamou, fosse a comemoração possível para este ano, mas enganei-me.


Já os miúdos estavam todos a lanchar em casa, fim de tarde, eu a trabalhar ao computador quando vejo o Paulo descansado sentado à mesa com eles. Olho ao relógio e vejo que passa da hora dele sair de casa para ir trabalhar ... e só aí é que percebo que ele me fez uma surpresa.
Confesso, fosse da surpresa ou das hormonas ainda avariadas do pós parto, ri e chorei ao mesmo tempo, lamechas eu sei, mas o que fazer?

A mesa estava reservada para as 19h, cedinho porque os miúdos hoje tinham escola, e ainda tivemos tempo para dar uma volta de carro para ver o mar.

Foi a primeira vez que fomos à Adega dos Arcos, em Sagres, restaurante que este ano tem estado na berra e de que toda a gente fala. Peixe super fresco, simpatia, mesas grandes, espaço agradável e sem arrasar o orçamento familiar. Perfeito!







O serviço foi super rápido e conseguimos jantar antes do tempo limite, que é como quem diz, antes dos miúdos entrarem no stress do "vamos embora". 

Parámos na avenida para beber um café e comer uns gelados e depois a Teresa acho que deviam comprar-nos uns presentes ... e foram para a quiosque das lembranças de Sagres. 



Cá fora temi o pior, só os ouvia mexer em coisas de loiça e a pensar quantas peças é que tinha de pagar se eles as deixassem cair ao chão.

Entretanto todos queriam dar sugestões de presentes, e eu  ri-me à gargalhada quando lá de dentro ouvi:
- Olha, este corta unhas!!

Nem sei quem sugeriu mas será que queria dizer-nos algo ou pensou mesmo que era o presente perfeito??

No final das compras eu recebi uma pulseira cheia de brilhantes e o Paulo um abre garrafas com lanterna e canivete.
A Teresa vinha contente porque a senhora percebeu que o orçamento dela era limitado e fez um desconto, e o Tiago divertido porque a senhora disse que já tinha ouvido falar da nossa família.
E ainda ganharam um chupa cada um.






quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Nunca é tarde para sonhar

Quando um projecto lindo e enternecedor nasce do outro lado da nossa rua.

Aos utentes da Santa Casa da Misericordiosa de Vila do Bispo foi perguntado que sonhos ainda tinham e as respostas foram tão simples que surpreenderam e emocionaram os de perto, mas ainda mais os de longe, muito longe!

Sonhos como voltar a andar, conduzir, visitar um país, conhecer netos e bisnetos, ter mais visitas dos filhos ... parecem tão simples, mas será que são? Sem julgamentos o importante é fazer sorrir estes idosos e aquecer os seus corações.
As fotos falam por si, e desde que estes sonhos foram partilhados tem havido uma onda de solidariedade de entidades, empresas e gente anónima a apoiar a sua realização.

Podem ver o projecto todo aqui .
Parabéns ao pessoal da Santa Casa que pensou e realizou este projecto sem sequer sonhar que ele podia ir tão longe!

A árvore dos sonhos e alguns dos sonhos.










24 kitchen

Qual canal Panda, qual Disney qual baby TV !

- Oh mãe põe a senoa a cozinhae! - Zé quase 26 meses

E agora aqui estou eu a trabalhar e a ouvir os comentários do Zé às pitadinhas de sal, ao tomate, às papas ...

E pronto, hoje é isto.


quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Babywearing

Esta também é a semana de babywearing e nós gostamos disso!

Já há anos que vamos carregando os nossos filhos, de umas maneiras menos ou mais ergonómicas e com evolução que se nota pela informação que também vamos tendo e um destes dias conhecemos mais uma amiga dos panos e afins.

A Tais Nemchenko é consultora de babywearing e tem muito material que podemos ver, mexer e experimentar, o que é óptimo antes de nos decidirmos por comprar algo. Também tem uma página de facebook onde vende material de e para babywearing, a Slingo Coisas Babywearing world .
Tivemos o prazer de a conhecer e passar umas duas horas com ela de roda dos "trapos".
Não tenho muitas fotos porque estivemos muito ocupadas para isso, fica aqui o que há.

Para mais informações ou para marcar uma consulta com a Tais, basta contactar para a página dela, é o melhor para ficar a conhecer as várias opções e o que melhor serve para si e o seu bebé.



Pano elástico, o kit salva vidas de muitas recém mamãs!




terça-feira, 4 de outubro de 2016

Semana Mundial do Aleitamento Materno

Estamos a comemorar a semana mundial de aleitamento materno e como mãe que amamenta e conselheira em aleitamento materno, apoio a 100%, só podia.

Este ano o Hospital do Barlavento Algarvio viu pela 3ª vez consecutiva a sua acreditação de Hospital Amigo dos Bebés ser revalidada e para comemorar foi promovida uma exposição fotográfica com o tema da amamentação.

Como já aqui tinha contado, eu e os filhotes mais pequenos fomos convidados a participar na sessão fotográfica e hoje fomos ver o resultado, e posso dizer - Está linda a exposição!!!

Tenho a agradecer o  trabalho e empenho dos profissionais de saúde que aqui trabalham, e em especial à Enfermeira Alda Santos e à Enfermeira Mercês Nunes, que para além de já me terem acompanhado como mãe foram também as minhas formadoras no curso de conselheira.

Ao Robson, da Robson studios mais uma vez obrigada pelas fotos magnificas que tão bem retratam o acto de amamentar que é para além do acto de alimentar um acto de amor.

Agora quem subir ao piso 2 do Hospital do Barlavento Algarvio  pode apreciar estas lindas fotos.




O Zé ao ver a foto reconheceu-se de imediato e disse logo que estava a mamar!




segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Birdwatching - a ver passarinhos!

Mais um grande evento aqui à nossa porta!

Este ano o Festival de Observação de Aves de Sagres dura 6 dias, mas nós só pudemos ir no Domingo a uma actividade, este ano achei que era melhor assim, menos às vezes é mais.

Logo no fim de Agosto inscrevi os 4 mais velhos na actividade para crianças "Exploradores", sendo que os mais novos também teriam de ir, connosco, como acompanhantes. Foram 3 hora de passeio a pé, no campo, com vento, ar puro, passarinhos, explicações de quem sabe e conhece, olhos no ar e olhos no chão. Pelas fotos dá para perceber que foi interessante e que todos gostaram (tirando a parte das guerras pelos binóculos)
Obrigada à Vera e ao Manel da Almargem e aos dois operacionais do ICNF que nos acompanharam e proporcionaram uma manhã diferente.




Pegadas encontradas pelo Tiago.




 Fizeram o molde em gesso das pegadas.


A descobrir as texturas das árvores.



A observar uma águia que voava lá longe.



Aqui a descobrir as gralhas de bico vermelho, espécie protegida em Portugal e com uma ocorrência escassa e localizada. Mas nós tivemos sorte! O bando juntou-se e eram mais de 30, bem perto de nós, ouvimos o seu som e vimos o seu voo.







O Zé estava mais inclinado para ver as vaquinhas a pastar ...


O meu penteado é típico de Sagres, no comments!


Depois desta actividade ainda tivemos oportunidade de ver a largada de uma águia cobreira que foi encontrada em Junho depois de ter sido electrocutada e tratada no centro RIAS . Foi baptizada de Electra e feliz voou !